Morro de São Paulo BLOG

A festa de Iemanjá em Morro de São Paulo

A festa de Iemanjá realizada no dia 2 de fevereiro é uma das mais populares festas religiosas realizada na Bahia e em Morro de São Paulo a devoção pela rainha das águas também é imensamente festejada. A tradicional festa em homenagem à Iemanjá atrai dezenas de fiéis entre turistas e moradores em Morro de São Paulo.

 Iemanjá começando na frente da Pousada Farol do Morro de São Paulo

O ritual é repetido da mesma forma todo ano: no dia da festa, diversas baianas concentram-se na Rua da Prainha (Primeira Praia) em frente à Pousada Farol do Morro na celebração que antecede a procissão. Antes da saída ao mar, as baianas juntamente com os pais de santo e fiéis, dançam e cantam para reverenciar Iemanjá. Tudo com muita animação, alegria e samba no pé. Os responsáveis pela festa preparam um grande balaio, onde são colocados os pedidos dos devotos e os presentes para Iemanjá. Vale lembrar que a orixá gosta de receber presentes como espelhos, brincos, pentes, perfumes, sabonetes e claro, muitas rosas brancas (a flor que simboliza a orixá) para saudar e agradecer tudo o que a deusa das águas faz por seus fiéis.

A festa de Iemanjá em Morro de São Paulo

Antes do início da procissão, as baianas ainda perfumam os devotos com alfazema. Entoando cânticos em homenagem à Iemanjá, os fieis fazem uma procissão até o cais, de onde partem as embarcações para a largada das oferendas. No percurso até o cais, a grande procissão vestindo roupa branca tem à frente as baianas, os pais de santo e o balaio. O cortejo passa pela vila encantando todos no caminho. Normalmente saem de quatro a seis barcos no mar, sendo que num destes ficam as baianas, os pais de santo e o balaio com os pedidos e presentes de Iemanjá. Os barcos seguem mar adentro, onde são largadas as oferendas. De acordo com a crença popular se na hora em que são depositados os presentes no mar, há uma agitação nas águas é porque Iemanjá aceitou as oferendas.

O barco com as oferendas para Iemanjá em Morro de São Paulo

A devoção pela grande mãe do mar. Iemanjá é muito forte em todo o território brasileiro, principalmente no estado da Bahia, onde os orixás do candomblé são muito respeitados e cultuados. A rainha do mar, protetora dos pescadores é a mãe de todos os orixás e também conhecida por Janaína, Inaê e Princesa de Aiocá.  Sua cor é o azul claro, o dia da semana é o Sábado, o metal é a prata e sua saudação é “Adociá” ou “Odóia”. Divindade das águas, Iemanjá é retratada como uma mulher com longos cabelos pretos, vestida de azul e geralmente com os braços abertos sobre as águas. Iemanjá está associada ao simbolismo da maternidade e por isto é saudada como generosa e protetora.

Se você estiver em Morro de São Paulo no dia 02 de fevereiro, vista uma roupa branca, compre sua rosa e acompanhe o cortejo em homenagem à Iemanjá. Deposite seus pedidos no balaio e peça muita proteção para a rainha das águas. Afinal, você estará na Bahia, terra de todas as crenças e de todos os orixás!