Morro de São Paulo BLOG

Mês de maio em Morro de São Paulo

A cada ano notamos que durante o mês de maio as aparições de serpentes são mais visíveis em relação ha outros meses. No período de seu acasalamento elas saem a procura de seus parceiros e se tornam mais vulneráveis para que possamos admirá-las.
Em Morro de São Paulo normalmente são vistas as espécies Coral, Jaracuçu e Jibóia.
A Jaracuçu, Cobra mais perigosa de Morro de São Paulo

A Cobra mais vista em Morro de São Paulo - Jiboia

As Corais e Jaracuçus não são muito bem vindas, pois alem de serem agressivas suas picadas podem ser fatais, já as Jibóias que podem alcançar mais de três metros, são mansas e só atacam se forem muito perturbadas.

Para os moradores mais antigos e seus descendentes, nativos da região de Morro de São Paulo, a Jibóia faz parte de sua culinária e afirmam que bem preparado torna-se um prato muito gostoso.
A serpente, também é alvo por alguns pela beleza de sua pele que pode ser usada para confecção de pulseiras, detalhes em roupas ou até mesmo sapatos.
Recentemente no final da escadaria que dá acesso para a Mangaba do Morro de São Paulo (acima da Segunda Praia), uma Jibóia com aproximadamente 2,50 cm não se intimidou e passou o dia todo á beira do caminho que segue para o alto do morro. Moradores tiveram tempo suficiente para apreciar seus movimentos, subindo e descendo das pequenas árvores, enrolando-se nos galhos, cercas e até mesmo no portão da casa a beira da trilha.
No final da tarde um morador local, usando sua habilidade, segurou o animal e tomou como compromisso levá-la para um lugar mais seguro para ela e para os moradores pois uma Jibóia a procura de alimento pode atacar presas até maior que ela mesmo.