Morro de São Paulo BLOG

2º Festival de Primavera de Morro de São Paulo já tem data confirmada

Está confirmado! O 2º Festival de Primavera de Morro de São Paulo , na Bahia, será realizado entre os dias 03 e 06 de setembro de 2011. A data do evento foi definida nesta quinta-feira, dia 07 de abril, numa reunião no auditório da Igreja Nossa Senhora da Luz entre empresários, comunidade e organizadores do festival.

A Prefeitura de Cairu, juntamente com a Secretaria do Turismo, órgãos responsáveis pela realização do Festival de Primavera de Morro de São Paulo, promoveu uma pesquisa de opinião entre os empresários da ilha a fim de saber qual a data seria melhor para a realização do festival em 2011 no período do feriado de 07 de setembro. Havia duas opções: antes do dia 07 de setembro (de 03 a 06 ou começando no dia 07 e encerrando no dia 10 de setembro. A primeira alternativa, de 03 a 06, foi a mais votada.

Com a data acertada, o próximo passo será a contratação das atrações para o festival. Segundo os organizadores ainda não há nenhuma atração confirmada, mas já estão sendo feitas negociações com grandes estrelas do cenário musical nacional.

No 1º Festival de Primavera de Morro de São Paulo, realizado entre os dias 3 e 7 de setembro de 2010, apresentaram-se entre outros artistas no palco montado na areia da Segunda Praia Nando Reis, Maria Gadú, Vânia Abreu, Vivendo do Ócio e Leilah Moreno. O evento reuniu em Morro de São Paulo um público de mais de 10 mil pessoas.  Para a segunda edição do Festival de Primavera de Morro de São Paulo a expectativa é de que o público seja ainda maior. É esperar para conferir e quem não quiser fora desta, é bom se apressar mesmo faltando cinco meses para o evento, pois os hotéis e pousadas de Morro de São Paulo deverão ficar lotados.

Nando Reis no Festival de Primavera Morro de São Paulo

Nando Reis no Festival de Primavera Morro de São Paulo

 

Aproveite a baixa temporada em Morro de São Paulo

Acabaram as festas de final de ano, o Carnaval e o verão. Mas o verão na Bahia não termina e mesmo com a chegada do inverno os turistas continuam visitando este estado abençoado por Deus e bonito por natureza. E para quem gosta de aproveitar lugares paradisíacos como Morro de São Paulo, que neste período costuma ter menos agito, vem ai baixa temporada, época de descontos e preços mais baixos.

A chamada baixa temporada inicia após o término da Ressaca de Carnaval e segue até setembro, com exceção dos meses de julho e agosto quando Morro de São Paulo costuma receber muitos turistas europeus. Muitos turistas, tanto nacionais como estrangeiros, já descobriram as vantagens de viajar na baixa temporada, pois com a diminuição do fluxo de turistas na ilha, os preços dos hotéis e pousadas de Morro de São Paulo costumam baixar.

Além de ter a vantagem de ter tarifas mais acessíveis, o turista ainda conta com o privilégio de usufruir de todas as belezas naturais de Morro de São Paulo da mesma forma como se estivesse no verão, já que o clima na ilha na baixa temporada ainda é quente. Apenas nos meses de maio e junho, geralmente chove um pouco mais do que no normal na ilha.

E não é somente os hotéis e pousadas que costumam diminuir suas tarifas na baixa temporada. Durante a baixa temporada se paga menos em restaurantes, pelos passeios na ilhapacotes de viagem e até mesmo em algumas lojas que fazem ofertas e diminuem os preços neste período. E além de usufruir de um Morro de São Paulo mais tranqüilo, quem viaja na baixa temporada tem outros benefícios como o de receber tratamento diferenciado, já que não existe uma multidão de pessoas disputando a atenção dos garçons e até tem a chance de usufruir melhor do lugar, pois o destino está mais vazio e você consegue desfrutar melhor as praias.

Praias de Morro de São Paulo

Praias de Morro de São Paulo

Mas mesmo com todas estas vantagens e diminuição do fluxo de turistas em Morro de São Paulo, é sempre aconselhável fazer sua reserva com antecedência, pois alguns hotéis e pousadas aproveitam a baixa temporada e fecham as portas para dar férias coletivas aos empregados ou para fazer manutenção nos estabelecimentos. E não é bom chegar a Morro de São Paulo depois de uma viagem onde você utilizou mais de um transporte (avião e barco) e ter que sair procurando pousada. É melhor garantir sua vaga com tranqüilidade e antecedência e quem sabe assim, conseguir ainda mais descontos.

Aproveite a baixa temporada e venha desfrutar de todas estas vantagens e regalias deste paraíso. Com certeza sua viagem será inesquecível! Comece já  a procurar sua pousada hotel e monte seu pacote para Morro de São Paulo

 

Como chegar a Morro de São Paulo

Planejando uma viagem para Morro de São Paulo? Com certeza você já deve ter pesquisado várias informações sobre o destino como hospedagem, dicas, quais as praias da ilha e principalmente como chegar a este paraíso. Mas como informação nunca é demais, segue então mais dicas de como você pode chegar a este paraíso tropical localizado ao sul do Estado da Bahia, na Costa do Dendê, no arquipélago de Tinharé.

Para chegar a Morro de São Paulo é muito fácil e ao chegar a Salvador você terá, basicamente, três formas de chegar à ilha. Morro de São Paulo tem acesso fácil por terra, ar e mar. O principal acesso é o mar e a maneira mais usada para chegar a Morro de São Paulo é o serviço do transfer marítimo com os catamarãs ou lanchas. O tempo da viagem do transfer marítimo é de aproximadamente duas horas (com catamarã) e 1h30min (com as lanchas). O local de partida para quem utilizar o transfer marítimo a Morro de São Paulo é o Terminal Marítimo de Salvador, localizado na Cidade Baixa, em frente ao Mercado Modelo.

catamara morro de são paulo

catamara morro de são paulo

Aos mais ansiosos e que também estão dispostos a pagar um pouco mais para chegar a Morro de São Paulo, a dica é o transfer aéreo, que sai diretamente do Aeroporto Internacional de Salvador, Luis Eduardo Magalhães. O tempo do percurso até Morro de São Paulo é de apenas 20 minutos e chega-se tranquilamente à ilha pela Terceira ou Quinta Praia, locais onde ficam situadas as pistas de pouso das companhias aéreas que operam este tipo de transfer.

Ainda para chegar a Morro de São Paulo existe uma forma mais econômica e também mais demorada que as demais acima. Trata-se do transfer terrestre, que combina o traslado marítimo e terreste. Com esta opção se gasta menos, porém, o tempo da viagem é mais demorado, chegando até a 4h30min. A viagem com o transfer terrestre inicia de lancha na travessia da Baia de Todos os Santos até a ilha de Itaparica, seguindo de ônibus até o atracadouro de Bom Jardim, em Valença, e por último atravessando de barco de Bom Jardim a Morro de São Paulo.

Enfim, depois de conferir mais estas dicas de como chegar a Morro de São Paulo, com os transfers e traslados, basta marcar sua viagem, decidir em que pousada ou hotel você vai se hospedar e enfim, relaxar e aproveitar tudo o que esta ilha maravilhosa tem a lhe oferecer.

 

Setembro é o mês do Festival de Primavera de Morro de São Paulo

Setembro é o mês da primavera, mas em Morro de São Paulo não é a estação das flores a responsável pela ansiedade e alegria dos turistas e moradores da ilha e sim, a realização de um dos maiores eventos artísticos da região, o Festival da Primavera de Morro de São Paulo. O festival, que em 2010 teve sua primeira edição foi sucesso absoluto em termos de público, organização e programação. A receita do sucesso teve como ingredientes música de excelente qualidade com folclore e tudo isto, misturado nas belas paisagens da ilha de Morro de São Paulo.

O 1º Festival da Primavera foi realizado entre os dias 03 e 07 de setembro de 2010, reunindo um público, de acordo com os organizadores, de mais de 10 mil pessoas. As atrações dividiram-se entre a areia da Segunda Praia, onde foi montado o palco principal e a vila, cenário das apresentações folclóricas. Promovido pela Prefeitura de Cairu, o Festival da Primavera de Morro de São Paulo teve ao total 12 shows e dentre as principais atrações estavam a cantora revelação da música brasileira em 2010, Maria Gadú; o ex- Titãs Nando Reis; as cantoras Leilah Moreno e Vânia Abreu; a banda baiana Vivendo do Ócio e outras atrações locais. Além dos shows na Segunda Praia, o público teve a oportunidade de conhecer a cultura de todo o arquipélago de Tinharé através das apresentações dos grupos folclóricos dos povoados e das outras ilhas.

O mês que antecedeu a realização do festival, a Secretaria de Turismo de Cairu e o Sebrae promoveram oficinas voltadas à comunidade com o objetivo de preparar os moradores para o evento. Dentre as oficinas foi realizada uma para os artesãos locais, cujo resultado foi mostrado pelas ruas da ilha e servindo para decorar o festival. Peças como flores e outros motivos artísticos foram confeccionados com materiais reciclados e coloriram as ruas de Morro de São Paulo.

Para o 2º Festival da Primavera ainda não foram divulgadas nenhuma das atrações, mas ao que tudo indica o evento tem tudo para repetir o mesmo ou ainda um sucesso maior do que o visto na primeira edição. E quem quiser garantir seu lugar nesta festa terá que se apressar para reservar um hotel ou pousada em Morro de São Paulo, pois os meios de hospedagem da ilha na última edição do evento ficaram lotados. Para ninguém correr o risco de perder o Festival da Primavera de Morro de São Paulo, nosso site informará nos próximos meses cada detalhe da preparação do evento, os artistas confirmados e tudo mais o que envolve esta grande festa que promete sacudir Morro de São Paulo em 2011!

Tempestade em Morro de São Paulo

Tempestade passando por cima da Segunda praia de Morro de São Paulo

Tempestade passando por cima da Segunda Praia de Morro de São Paulo

 

Tempestade vindo para Morro de São Paulo como um Tsunami

Tempestade vindo para Morro de São Paulo

 

Nuvens enormes da tempestade prometem muita chuva em Morro de São Paulo

Nuvens enormes da tempestade prometem muita chuva em Morro de São Paulo

Ressaca de Carnaval

Mesmo com o término do Carnaval, a festa continua em Morro de São Paulo, num dos períodos em que a ilha recebe mais turistas. Trata-se da famosa e já consagrada Ressaca de Carnaval de Morro de São Paulo. A partir do dia 09 de março até dia 13, a ilha recebe turistas de várias partes do país que após se divertirem num dos carnavais mais famosos do mundo, o de Salvador, veem para Morro de São Paulo curar a ressaca com muita badalação. E festa é o que não faltará, pois as casas noturnas já estão divulgando as festas e além destes acontecem outros eventos tradicionais nesta época como a festa com o cantor baiano André Lélis, na sexta-feira (11), no hotel Village Paraíso Tropical e a famosa feijoada do Restaurante Pimenta Rosa, na Quarta Praia, que em sua 8ª edição terá a participação especial da Banda Samba d´Ju, de Salvador.

De acordo com a Secretaria de Turismo de Cairu, a ilha deve receber aproximadamente 20 mil pessoas, entre os finais de semana do Carnaval e da Ressaca. A secretária informa ainda que a ocupação dos hotéis e pousadas de Morro de São Paulo estão com um índice de ocupação de 90%, maior do que o registrado neste mesmo período do ano passado. Gente bonita, badalação, festas e para completar as belas paisagens deste paraíso tropical. Animação é que não faltará. Haverá festas embaladas com música eletrônica nas casas noturnas: Toca do Morcego (Caminho do Farol), Six Club e Cabana Beach Club (Segunda Praia) e Pulsar (Forte). Para quem desejar prosseguir com o mesmo ritmo do Carnaval de Salvador, o cantor André Lélis, promete não deixar ninguém parado na sua tradicional festa da Ressaca realizada na sexta-feira (11), no hotel Village Paraíso Tropical.

E para recarregar as energias para agüentar todas estas festas que tal comer uma excelente feijoada e curtir um bom samba? A dica é a Feijoada do Restaurante Pimenta Rosa, na Quarta Praia. A feijoada, que já é um evento consagrado na Ressaca de Morro de São Paulo, está em sua oitava edição e este ano terá uma participação super especial da banda Samba d´Ju, de Salvador. A banda baiana, que tem no repertório MPB, reggae, forró, axé e até música sertaneja, é formada pela vocalista Ju Moraes e os instrumentistas Nanda Duarte no violão e Juan Santiago, no cavaquinho. A Feijoada do Pimenta Rosa acontece no sábado (12), à partir das 14h e a camiseta está à venda por  R$ 75,00 na pousada Villa das Pedras e além deste valor, o público é convidado a colaboarar com uma lata de leite em pó, pois a Feijoada é também beneficente.

feijoada na pimenta rosa

feijoada na pimenta rosa

Dia Nacional do Turismo Ecológico

Hoje, dia 1º de março, comemora-se o Dia Nacional do Turismo Ecológico. Apesar da data não ser muito divulgada e conhecida, vale a pena refletir sobre o seu significado, ainda mais quando se vive num lugar paradisíaco como Morro de São Paulo. Oficialmente no ano de 1988 foi introduzido no país o segmento do turismo ecológico. Num país como no Brasil, com tantas belezas naturais, é fundamental que haja respeito e conscientização sobre a importância desta data e principalmente, pelo turismo ecológico.

 

Turismo Ecologico

Turismo Ecológico

De acordo com as Diretrizes para uma Política Nacional de Ecoturismo, lançadas no ano de 1995, o Turismo Ecológico é definido como: “um segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem estar das populações envolvidas”. Ainda de acordo com uma instituição mundial, a World Travel & Tourism Council (WTTC), responsável por divulgar dados do turismo mundial, o Turismo Ecológico detém atualmente cerca de 15 e 20% do setor turístico como um todo.

Estatísticas como esta comprovam que é preciso estar atento e acima de tudo, incentivar os turistas que visitam nossos destinos turísticos, a cuidar da natureza do local. Um destino como Morro de São Paulo, com tantas atrações naturais e que recebe turistas de todo o mundo, é exemplo vivo de que devemos ter consciência do que representa o turismo ecológico. Campanhas de preservação e políticas implantadas pelo poder público devem fazer parte do planejamento anual de destinos como Morro de São Paulo. Mas a comunidade também deve participar e com algumas atitudes como não jogar lixo nas praias ou ainda preservar algumas espécies que vivem o local e estão em extinção. São pequenos exemplos que podem e devem ser seguidos.

Mico em Morro de São Paulo

Mico em Morro de São Paulo

As belezas naturais de Morro de São Paulo e de vários outros destinos turísticos deste nosso Brasil estão para serem usufruídas, mas também preservadas. É preciso aproveitar, sem prejudicar. Curtir a natureza e tudo o que esta nos proporciona, sem interferir em seu curso natural.  Afinal cuidar do que é nosso por direito, não é tão difícil. Basta querer! E desta forma  poderemos por muito tempo aproveitar todas estas belezas que lugares como Morro de São Paulo, nos oferecem. Hoje aproveite esta data para refletir se está fazendo sua parte dentro de seu destino para que o lugar em que você vive seja preservado.

Programação do Carnaval da Gamboa de Morro de São Paulo

O feriado de Carnaval inicia esta semana e você ainda não sabe onde vai passar seus dias de folia? Ai vai uma sugestão, Morro de São Paulo, na Bahia. Esta ilha paradisíaca está localizada a apenas 60 milhas náuticas da capital, Salvador, e tem características que apaixonam turistas de todas as partes do mundo. As praias são chamadas por uma ordem numérica e vão da Primeira até a Quinta Praia, todas com paisagens de tirar o fôlego.

No período do Carnaval (este ano de 4 a 08 de março)a ilha recebe um fluxo considerável de turistas, que vão atrás das belas paisagens e das famosas baladas de Morro de São Paulo.  As casas noturnas promovem festas todos os dias do Carnaval e bem próximo da ilha, a menos de 10 minutos de barco e 25 minutos andando, está o povoado da Gamboa, com o seu “Carnagamboa”. O carnaval da Gamboa oferece shows gratuitos e este ano terá como principais atrações o cantor Belo e o grupo Leva Nóiz. Confira abaixo a programação completa.

Assim como nos demais feriados e datas especiais, os hotéis e pousadas trabalham com pacotes no Carnaval, mas alguns estabelecimentos também fazem um mínimo de diárias neste período.  E dicas de hotéis e pousadas é o que não falta em Morro de São Paulo, pois existem mais de 200 meios de hospedagem na ilha dentre hotéis, pousadas, apart hotel, camping e hostels.

No Carnaval, ao que tudo indica, Morro de São Paulo estará repleto de turistas e se à noite a dica é entrar numa das festas das casas noturnas ou pular no carnaval da Gamboa, para o dia a diversão em Morro de São Paulo, são as praias e ainda os passeios que podem ser feitos na ilha e nas outras ilhas e povoados que fazem  parte do arquipélago de Tinharé, como Boipeba.

Para aqueles que desejam fugir um pouco do agito no Carnaval, Morro de São Paulo também pode ser uma excelente opção, pois existem alguns hotéis e pousadas que ficam distantes do burburinho do centro e oferecem estruturas completas para o seu descanso e diversão. Neste caso recomendam-se os hotéis e pousadas que ficam localizados na Quarta e Quinta Praia. Ainda existem vagas em alguns hotéis e pousadas de Morro de São Paulo, então, se apresse e venha curtir todas as atrações que esta bela  ilha tem a lhe oferecer.

Programação do Carnagamboa (povoado da Gamboa) – Entrada gratuita

DIA 05/03
20:00  – mini-trio: Sabor de Álcool
22:00 – Palco:  Fábio Màrcio
00:00 – Palco:  Belo
02:00 – Palco: Flor do Reggae

DIA 06/03
15:00 – Trio: Banda K
17:00 – Beto Amazonas
21:00 – Conexão Mix
23:00 – Palco: Toma Aqui

DIA 07/03
10:00 – Trio e bloco
15:00 – Mini trio: Banda K
17:00 – No Dendê
21:00 – On Line
23:00 – Palco: Jhonie Rei
01:00 – Leva Nóiz
03:00 – Quebra Bahia

DIA 08/03:
11:00 – Mini-trio: Axé Meia Sola
13:00 – Júnior  Boy
15:00 – Banda K
17:00 – Palco: Morro do Samba
18:00 – Saiddy Bamba
20:00 – Embala Samba
22:00 – Dissidência do Reggae
OBS: Programação sujeita a alteração

Protestos em Valença pela falta de segurança

Valença está em fúria! A população, revoltada pela fala de segurança na cidade, desencadeou uma onda de protestos nesta última quinta-feira (24 de fevereiro). Os moradores de Valença saquearam as lojas ( a maioria de propriedade do prefeito da cidade e de seus familiares) colocaram fogo em pneus nas ruas e tentaram invadir e quebraram as portas da Câmara e da prefeitura. O motivo de tanta raiva, segundo os moradores, é a falta de segurança pública na cidade e a inexistência de médicos legistas.

A revolta teve inicio na tarde da quinta-feira após o sepultamento do jovem Marildo Teles, chamado de “Dinho”, que tinha apenas 25 anos e foi morto dentro de sua própria casa ao reagir a um assalto. Marildo era funcionário do Terminal Rodoviário de Valença e de acordo com os familiares e amigos, era um pai de família e nunca tinha dito envolvimento com criminosos. Os familiares do jovem assassinato se revoltaram, pois conforme eles, o corpo de Marildo ficou dois dias para ser liberado devido à falta de legistas. Esta demora pela liberação do corpo de Marildo, mais a revolta antiga da população pela falta de segurança na cidade foram as principais causas do tumulto de Valença, que só foi amenizado na noite do dia 24, após a chegada de um reforço policial. De acordo com a polícia não houve registros de pessoas machucadas e apenas três cidadãos foram presos acusados de furto em fragrante.

A cidade de Valença, na Bahia, está localizada a cerca de 255 quilômetros ao sul de Salvador e tem como prefeito, Ramiro Campelo de Queiroz (PR), que após o início do tumulto e a tentativa de invasão na prefeitura, deixou a cidade com medo dos protestantes. Segundo informações dos moradores, Ramiro fugiu para a capital Salvador. Ramiro, além do cargo de administrador público, possui várias lojas na cidade, entre estas estão uma concessionária de motos e algumas lojas de móveis e eletrodomésticos.

Agora é esperar para ver se o prefeito irá tomar alguma providência para conter a fúria da população e acabar com a insegurança da cidade. Há informações de que somente no mês de janeiro foram registradas 11 mortes por assassinato em Valença. Além dos freqüentes assaltos pelos quais passam os moradores. Algumas pessoas evitam sair de casa após às 20 horas com medo de ser assaltadas. Valença, que é uma cidade com um rico passado, foi sede da primeira fábrica de tecidos do país, e é porta de entrada para alguns destinos turísticos da Bahia, está agora famosa e é manchete nacional em todos os veículos de comunicação do Brasil, pela falta de segurança. É uma pena!

Aproveite os feriados que vem por ai!

O final da alta temporada na Bahia e consequentemente, em Morro de São Paulo,  está se aproximando. Após a Ressaca do Carnaval (09 a 13 de março), inicia o período da baixa temporada, época em que os destinos turísticos apresentam menos fluxo de turistas. Geralmente a baixa temporada vai até os meses de setembro ou outubro, época que alguns moradores costumam chamar de “média temporada”, por apresentar uma melhora em relação ao movimento de pessoas nos destinos.

Mesmo com o final da alta temporada locais como Morro de São Paulo continuam ainda recebendo turistas vindos de várias partes do Brasil e de outros países e um dos fatores responsáveis por isto são os feriados existentes no calendário brasileiro. Abril é o mês dos feriados e já, logo após a Ressaca, vem a Semana Santa (dias 22 a 24 de abril) e antes disso está o feriado de Tiradentes (dia 21). Logo no início de maio, dia 01, comemora-se o Dia do Trabalho. Com tantos feriados assim, ficar em casa é pura falta de imaginação.

A dica é aproveitar os feriados que vem por aí, nos meses de abril e maio, e viajar. E se pintar uma dúvida para que lugar viajar no feriado, que tal Morro de São Paulo? Em Morro de São Paulo o clima ainda vai estar propício para curtir as praias e se bronzear com o sol quente da Bahia. Até porque costuma chover na ilha com um pouco mais de intensidade a partir do final de maio e em junho. Alguns hotéis e pousadas de Morro de São Paulo trabalham com pacotes nos feriados, porém, outros vendem um mínimo de diárias. Se o orçamento estiver reduzido, a dica é negociar e quem sabe conseguir um preço especial em alguns destes meios de hospedagem e assim, aplicar a economia em outras opções de diversão na ilha como nos passeios.

Para quem planeja viajar em algum destes feriados é melhor se apressar e começar desde já a se programar. A procura por alguns destes feriados, como o da Semana Santa, está bastante aquecida e alguns hotéis e pousadas de Morro de São Paulo já tem até mesmo reservas fechadas para esta data. Comece a pesquisar os pacotes (alguns incluem, além da hospedagem, itens de cortesia como jantares, city tour e até acesso livre a locais badalados no destino) e garanto logo seu espaço neste paraíso. Portanto, aproveite a temporada de feriados dos meses de abril e maio e venha curtir uma excelente viagem a Morro de São Paulo com a família ou entre amigos. E se por acaso, não der para viajar nestes próximos feriados, não fique chateado, porque no segundo semestre o calendário também guarda outras datas com feriados.