Morro de São Paulo BLOG

Para levar na bagagem a Morro de São Paulo

Na hora de viajar sempre pinta aquela indecisão do que devemos colocar na mala. É sempre bom ter algumas dicas sobre o lugar que estamos viajando para evitar levarmos coisas a mais, alguns supérfluos e até mesmo não cometer “gafes” durante a tão sonhada viagem de férias. Para quem está se preparando para viajar a Morro de São Paulo, iremos ajudar com algumas dicas para facilitar na hora de arrumar as malas rumo a este paraíso localizado na Costa do Dendê, Bahia.

Morro de São Paulo é uma ilha, onde a maioria das ruas é de areia e pedras e ainda por cima um lugar que possui muitas ladeiras. Além da geografia do local há de se levar em conta o clima. Em Morro de Sao Paulo faz calor praticamente todo o ano, com exceção de maio e junho que são meses chuvosos. Para caminhar nas ruas e praias de Morro de São Paulo é preciso estar confortável, usando de preferência sapatos baixos como tênis, chinelos e sandálias e ainda vestir roupas leves. Coloque na mala peças do vestuário para o verão como shorts, camisetas, vestidos, saias, bermudas e se quiser traga uma calça jeans, que sempre é bem vinda à noite. A brisa fresca do mar à noite na praia pode pedir também um casaco fino. Esqueça roupas pesadas e sapatos altos. Afinal, lembre que você está indo para uma praia, onde quando mais confortável e natural melhor.

Não esqueça de acrescentar na mala as roupas de banho (biquines e sungas) e para as mulheres as populares e famosas cangas. Outra dica que faz o maior sucesso em Morro de São Paulo são as sandálias “havaianas”. De todas as cores e estilos, estas sandálias estão em todos os lugares da ilha: desde as praias até na hora do jantar nos restaurantes de Morro de São Paulo ou nas festas das casas noturnas, turistas e moradores usam havaianas em todas as ocasiões.  Além do vestuário, outra coisa que deve ser levada em consideração para quem viaja a Morro de São Paulo é a questão dos cuidados com o sol. Aliás, recomendações comuns para quem viaja para qualquer lugar praiano, como levar chapéu ou boné, óculos de sol e usar muito protetor solar, que você encontrará com facilidade nos mercados ou farmácias da ilha.

Lembre que Morro de São Paulo é uma ilha e um lugar simples, rústico que combina com coisas básicas. Portanto, esqueça o luxo e o sofisticado, Seja modesto que você estará “chique” em Morro de São Paulo. Outra dica na hora de arrumar a bagagem é deixar o relógio de fora, pois em Morro de São Paulo o sol vai lhe indicar que horas são. Venha também “off-stress”, pois um lugar tão lindo e maravilhoso quanto Morro de São Paulo não combina nem um pouquinho de estresse! Depois destas dicas, feche sua mala e venha logo desfrutar de todas as belezas naturais que este paraíso reserva para você.

Semana de festas na Bahia

Esta semana a Bahia estará em festa com a realização de um dos maiores festivais de música do país e ainda as homenagens à rainha do mar, Iemanjá. De 02 a 05 de fevereiro será realizado na capital baiana o Festival de Verão de Salvador e dia 02 de fevereiro, também em Salvador e ainda em outras cidades da Bahia como Morro de São Paulo, é dia de homenagear Iemanjá, a protetora dos pescadores e soberana das águas.

Uma das festas populares mais tradicionais da Bahia, a Festa de Iemanjá, promete agitar Salvador e outros locais do estado, onde serão realizadas homenagens à esta divindade do candomblé. Em Salvador, a festa de Iemanjá tem como palco principal o bairro do Rio Vermelho. Desde a madrugada que antecede o dia 02, moradores e turistas começam os preparativos das comemorações que se estendem até o final do dia com música, comida típica baiana e, claro as homenagens à Iemanjá.

Em Morro de São Paulo, na Costa do Dendê, tradicionalmente todo ano também é promovida uma grande festa para a rainha das águas. As homenagens à Iemanjá em Morro de São Paulo iniciam dia 31 de janeiro e seguem até o dia do orixá, dia 2 de fevereiro, na Praça da Amendoeira, na Vila de Morro de São Paulo. No local ficará o balaio que guardará os presentes para Iemanjá e será levado ao mar dia 02. Dia 1º de fevereiro, acontece o “Xirê” ( ritual de candomblé), queima de fogos e cortejo pelas ruas de Morro de São Paulo e ainda a largada da oferenda às “iabás” (orixás femininos), na Lagoa. No grande dia, 02 de fevereiro, as comemorações iniciam às 13h com a concentração na praia, com baianas e roda de capoeira; às 14h o cortejo sai rumo ao cais na procissão marítima. A partir das 16h, na Praça Aureliano de Lima acontece apresentação musical com gastronomia regional.

Outro grande evento que promete sacudir Salvador esta semana será o Festival de Verão, que este ano a abertura coincidiu com a festa de Iemanjá. Entre 02 e 05 de fevereiro, no Parque de Exposições de Salvador se apresentarão vários artistas de diversos estilos musicais. O Festival de Verão que é marcado pela diversidade musical, este ano terá como principais atrações as revelações musicais de 2010 Maria Gadú e o grupo Restart, as bandas Jota Quest e Capital Inicial, os sertanejos Luan Santana e Jorge e Mateus, o cantor internacional Jason Mraz e outros artistas de sucesso nacionais e baianos. Ao todo serão mais de 120 atrações que se dividirão em seis palcos principais e espaços especiais como o novo, Casa do Pagode, um palco somente para apresentações de bandas de pagode. Dentre os outros palcos estão a Casa do Samba, o Palco 2011, a, Arena Universitária, a Concha Acústica Faculdade Maurício de Nassau e a Tenda Eletrônica, onde o pulsa o ritmo contagiante da música eletrônica.

Com todas estas festas e comemorações, a Bahia estará cheia de gente bonita, alegre e com alto astral. Para não ficar de fora desta, apresse-se e venha se divertir. Seja homenageando Iemanjá em Morro de São Paulo e também participando do Festival de Verão em Salvador.

Os guias e informantes de turismo de Morro de São Paulo

Quando o turista chega a Morro de São Paulo, esta ilha paradisíaca localizada no arquipélago de Tinharé, na Bahia, há diversos guias e carregadores o aguardando no píer com o objetivo de carregar as malas ou ainda levar às pousadas e hotéis da ilha. Com um sorriso estampado no rosto e munido de seu carrinho de mão, os guias dão às boas vindas e já vão explicando sobre as praias, pontos turísticos da ilha ou ainda se o turista já tem reserva em alguma pousada. Esta recepção e ajuda é muito bem vinda em um lugar como Morro de São Paulo, onde existem muitas ladeiras e escadarias espalhadas pelas ruas do vilarejo. Ao chegar de uma viagem com mais de uma baldeação, utilizando mais de um transporte (avião e barco), você certamente desejará descansar e carregar bagagens, subindo e descendo ladeiras em ruas de areia, será extremamente cansativo. Nesta hora o trabalho dos guias e informantes de turismo será essencial.

Guia turístico carregando bagagem na Primeira Praia de Morro de São Paulo

Em Morro de São Paulo o trabalho dos carregadores, guias e informantes de turismo é organizado e existe na ilha, uma classificação que diferencia cada um destes trabalhadores. Os guias e informantes estão representados através da Associação dos Informantes de Turismo de Morro de São Paulo (Assistur) e são identificados por usar camisetas amarelas. Cada um com o seu nome gravado na camiseta. São os guias e informantes que conduzem os turistas com suas malas até as pousadas e hotéis de Morro de São Paulo. Já os carregadores, que vestem camisetas laranja ou azul também com seus nomes estampados, trabalham exclusivamente com o carrego de mercadorias que chegam ao cais. Os carregadores não costumam guiar os turistas às pousadas e hotéis, a não ser que estes façam um acordo diretamente com os turistas para carregar suas malas e levá-lo até a pousada.

Caso você chegue a Morro de São Paulo sem reservar uma pousada ou hotel os guias e informantes de Turismo da ilha lhe ajudarão a encontrar alguma. Eles conhecem todos os meios de hospedagem locais. Além de ajudá-lo com a pousada ou hotel, os guias também poderão lhe indicar sobre o melhor restaurante, o passeio mais divertido e a praia mais bela de Morro de São Paulo. A maioria dos guias de turismo é nativo e conhecem como  a palma da mão cada canto da ilha e tem ainda muitas histórias divertidas para contar sobre os atrativos da ilha, seu povo e a cultura local.
Com o intuído de aperfeiçoar o trabalho dos guias e informantes de Turismo de Morro de São Paulo e oferecer melhores serviços aos turistas, a Prefeitura tem capacitado estes trabalhadores através de cursos ministrados em parceria com o Sebrae. Além do guia se especializar, quem ganha também é o turista que obtém serviços de melhor qualidade. Portanto, quando chegar a Morro de São Paulo e encontrar os guias, informantes e até mesmo os carregadores, trate-os bem e aceite o seu trabalho, pois sem dúvida, será muito bem vindo!

Sucesso da requalificação urbana de Morro de São Paulo

É visível o sucesso das obras de requalificação urbana de Morro de São Paulo. Desde o final de 2010 e inicio de 2011 estão sendo concluídas diversas obras que fazem parte da primeira etapa de requalificação urbana do arquipélago de Tinharé. Pelas praias, ruas e praças da ilha, moradores e turistas, usufruem dos benefícios. Além da pavimentação de várias ruas, foram implantados espaços destinados ao lazer como praças e mirantes. Sem falar das melhorias em todas as ilhas que fazem parte do arquipélago de Tinharé.

As obras de requalificação urbana de Morro de São Paulo iniciaram no inicio de 2010 e no total serão investidos até a conclusão, R$ 4 milhões. Deste valor R$ 3.200.000,00 são recursos provenientes do Prodetur e do Governo da Bahia e R$ 800 mil serão investimentos da Prefeitura de Cairu.  O projeto de requalificação urbana de Morro de São Paulo receberá ainda verbas na ordem de  R$ 1.700.000,00, com recursos alocados 50% pelo município e 50% pelo Banco do Nordeste para o aterramento da fiação local. As obras estão sendo executadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).

Em todas as ilhas do arquipélago notam-se as mudanças e obras, que estão sendo feitas tanto no sentido de preservar o ambiente natural, como também no patrimônio arquitetônico das ilhas. Em Morro de São Paulo foi feito todo um estudo e planejamento voltados a uma estratégia de requalificação urbana. Dentre as transformações que já foram concluídas estão a pavimentação de algumas ruas, construção de uma passarela em madeira na Segunda Praia e reforma e implantação de praças e mirantes. Ainda em fase de andamento estão sendo realizadas a recuperação da Área de Proteção Permanente (APP), da lagoa e de fontes e a restauração da Fortaleza de Tapirandu.

Mas não são somente os pontos turísticos que estão sendo contemplados com a requalificação urbana do arquipélago. A comunidade carente de Morro de São Paulo que reside na Vila Nossa Senhora da Luz, também está sendo beneficiada. A vila, que é chamada popularmente de “Buraco do Cachorro” ganhou diversas melhorias como contenção de encostas, drenagem de águas pluviais, pavimentação de ruas em concreto armado e paralelepípedos e a construção de escadarias drenantes. Em Cairu, sede administrativa do arquipélago, as melhorias abrangem também a recuperação de importantes monumentos históricos como a igreja Matriz do Rosário e o Convento de Santo Antônio, um dos conventos mais antigos do Brasil. Também em Cairu, foram inauguradas as praças Vereador José Edson Palma, Ananias Passos Meireles e a da Bandeira.

Quem já visitou Morro de São Paulo e as outras ilhas que fazem parte do arquipélago e retorna agora após as mudanças, está ficando surpreso com as transformações. Antes eram inexistentes os espaços de lazer. Atualmente é comum se ver em Morro de São Paulo moradores e turistas, crianças e jovens, sentados nos bancos das praças ou ainda prestigiando as belas paisagens da ilha através dos mirantes. E até a conclusão final de todo o projeto de requalificação urbana do arquipélago muitas mudanças ainda virão e uma das mais esperadas é a restauração do Forte. O local que sempre serviu de palco para assistir o pôr do sol ficará ainda mais atrativo com as transformações que serão implantadas e com sua total reforma. É esperar para ver e usufruir de todas estas mudanças, que com certeza, contribuem para que Morro de São Paulo fique cada vez mais lindo e atraia mais turistas.

Para comprar aquela lembrancinha de Morro de São Paulo

Algumas pessoas quando viajam de férias querem apenas curtir as belas paisagens naturais que o destino possui. Há quem queira somente relaxar e esquecer a vida. Mas há aqueles que gostam também de muita badalação e claro, fazer suas “comprinhas”. Para quem for viajar a Morro de São Paulo e se encaixa dentro deste perfil. Saiba que a ilha reserva muitos lugares onde se pode achar aquela lembrancinha para os amigos ou ainda outros presentes para você mesmo. Seja qual for o tipo de recordação que você desejar levar de Morro de São Paulo, se é que precisa de algum tipo de souvenir para que esta ilha seja lembrada, existem opções de presentes para todos os gostos e bolsos.

A vila foi escolhida pelos artesãos locais para ser o palco da feirinha de artesanato, que acontece todos os dias a partir das 18h até por volta da meia noite. Espalhadas ao redor da Praça Aureliano lima ficam as barraquinhas que comercializam itens que retratam Morro de São Paulo em telas, esculturas, peças de decoração e outros. Além das souvenirs, pode-se encontrar na feirinha da vila diversos produtos confeccionados com matéria prima como coco e piaçava. De peças de decoração a bijuterias, artigos em pratas, passando por peças de vestuário a acessórios variados. Tudo está na feirinha.
Além da charmosa feirinha de artesanato da vila outra dica para achar um presentinho para os amigos e familiares em Morro de São Paulo é a Rua Caminho da Praia, também localizada na vila após a praça. Nesta rua é onde se concentra a maior parte do comércio de Morro de São Paulo, com vários restaurantes, pousadas e hotéis e claro, lojas de todos os tipos e para todos os públicos. De lojas para surfistas a lojas que vendem artigos variados de decoração e boutiques. A Rua Caminho da Praia é o point para suas compras em Morro de São Paulo. Nestas lojas você achará uma pequena lembrancinha como um simples chaveiro até presentes maiores e mais sofisticados como quadros de arte e esculturas.

Se você é daqueles que não abre mão de fazer uma comprinha durante a viagem, então já sabe que o caminho é a Rua Caminho da Praia ou a feirinha de artesanato. Claro, que ainda há algumas lojas localizadas nas praias de Morro de São Paulo como na Primeira e Segunda Praia. Vale também conferir. E lembre-se também que a recordação maior que se leva de um local lindo como Morro de São Paulo é a lembrança viva do lugar, aproveitando tudo o que destino nos oferece!

Tranquilidade, muita tranqüilidade em Morro de São Paulo

Imagine um lugar onde se vê águas calmas e transparentes, onde reina a tranqüilidade e a beira da praia se avista além da exuberante natureza, pescadores separando a pesca do dia. Agora, junte a este cenário paradisíaco, uma vegetação típica da Mata Atlântica bastante preservada e uma areia branquinha. Acrescente a tudo isto, uma pitada baiana. Este visual não é nenhuma cena de ficção. Existe sim, e está bem próximo a Morro de São Paulo. Trata-se da praia de Garapuá, onde a natureza e a paz reinam absolutas.

Garapuá está localizado após a Quinta Praia de Morro de São Paulo, também chamada de Praia do Encanto e para chegar a este verdadeiro cenário de filmes, pode-se ir com trator ou carro 4×4, que partem de uma estrada situada atrás da Segunda Praia em Morro de São Paulo e cujo tempo do percurso pode ser de 40 minutos até uma hora; com o passeio “Volta a Ilha” que faz uma parada nas piscinas naturais de Garapuá; com uma lancha (fretamento) ou ainda os mais aventureiros podem ir a Garapuá, caminhando. Neste caso recomenda-se a companhia de uma pessoa que conheça a região, pois o trajeto é longo são aproximadamente 12 quilômetros do centro de Morro de São Paulo até a praia de Garapuá e no caminho há trechos dentro da mata.

Em Garapuá o mar é sereno e uma leve brisa constante deixa a praia ainda mais bela e agradável. A maré baixa deixa à mostra uma larga faixa de areia. Na beira da praia existem poucas barracas e não há grandes estruturas. A simplicidade é a principal característica das barracas, mas nos cardápios estão todas as delícias típicas da Bahia como as famosas moquecas, variados pescados e várias porções de frutos do mar. Estas iguarias baianas acompanhadas de uma bebida bem gelada é uma das dicas para ser levada em conta em Garapuá. Outra dica é aproveitar toda a natureza que a praia oferece, caminhando na areia ou cavalgando. Se desejar passar além do dia em Garapuá, prepare-se para encontrar pousadas pequenas, sem muita estrutura.

O povoado é bastante simples, com pouca oferta hoteleira e tem apenas uma vila de pescadores com poucas casas e um pequeno comércio. É exatamente este o charme de Garapuá: o pacato vilarejo continua indiferente ao progresso do turismo presente em Morro de São Paulo. Para quem busca um pouco de sossego é uma excelente opção durante a estada em Morro de São Paulo. Faça um passeio ou fique um dia ou mais em Garapuá. Você irá se apaixonar e descobrir outros lugares lindos no arquipélago de Tinharé, além das praias de Morro de São Paulo. Afinal, a Bahia é assim: surpreende a cada canto de suas grandes enseadas.

A festa de Iemanjá em Morro de São Paulo

A festa de Iemanjá realizada no dia 2 de fevereiro é uma das mais populares festas religiosas realizada na Bahia e em Morro de São Paulo a devoção pela rainha das águas também é imensamente festejada. A tradicional festa em homenagem à Iemanjá atrai dezenas de fiéis entre turistas e moradores em Morro de São Paulo.

 Iemanjá começando na frente da Pousada Farol do Morro de São Paulo

O ritual é repetido da mesma forma todo ano: no dia da festa, diversas baianas concentram-se na Rua da Prainha (Primeira Praia) em frente à Pousada Farol do Morro na celebração que antecede a procissão. Antes da saída ao mar, as baianas juntamente com os pais de santo e fiéis, dançam e cantam para reverenciar Iemanjá. Tudo com muita animação, alegria e samba no pé. Os responsáveis pela festa preparam um grande balaio, onde são colocados os pedidos dos devotos e os presentes para Iemanjá. Vale lembrar que a orixá gosta de receber presentes como espelhos, brincos, pentes, perfumes, sabonetes e claro, muitas rosas brancas (a flor que simboliza a orixá) para saudar e agradecer tudo o que a deusa das águas faz por seus fiéis.

A festa de Iemanjá em Morro de São Paulo

Antes do início da procissão, as baianas ainda perfumam os devotos com alfazema. Entoando cânticos em homenagem à Iemanjá, os fieis fazem uma procissão até o cais, de onde partem as embarcações para a largada das oferendas. No percurso até o cais, a grande procissão vestindo roupa branca tem à frente as baianas, os pais de santo e o balaio. O cortejo passa pela vila encantando todos no caminho. Normalmente saem de quatro a seis barcos no mar, sendo que num destes ficam as baianas, os pais de santo e o balaio com os pedidos e presentes de Iemanjá. Os barcos seguem mar adentro, onde são largadas as oferendas. De acordo com a crença popular se na hora em que são depositados os presentes no mar, há uma agitação nas águas é porque Iemanjá aceitou as oferendas.

O barco com as oferendas para Iemanjá em Morro de São Paulo

A devoção pela grande mãe do mar. Iemanjá é muito forte em todo o território brasileiro, principalmente no estado da Bahia, onde os orixás do candomblé são muito respeitados e cultuados. A rainha do mar, protetora dos pescadores é a mãe de todos os orixás e também conhecida por Janaína, Inaê e Princesa de Aiocá.  Sua cor é o azul claro, o dia da semana é o Sábado, o metal é a prata e sua saudação é “Adociá” ou “Odóia”. Divindade das águas, Iemanjá é retratada como uma mulher com longos cabelos pretos, vestida de azul e geralmente com os braços abertos sobre as águas. Iemanjá está associada ao simbolismo da maternidade e por isto é saudada como generosa e protetora.

Se você estiver em Morro de São Paulo no dia 02 de fevereiro, vista uma roupa branca, compre sua rosa e acompanhe o cortejo em homenagem à Iemanjá. Deposite seus pedidos no balaio e peça muita proteção para a rainha das águas. Afinal, você estará na Bahia, terra de todas as crenças e de todos os orixás!

Morro de São Paulo – O paraíso é aqui

Morro de São Paulo pode-se dizer, é o que chamamos de uma sucursal do paraíso. Onde as praias de águas cristalinas e tranquilas, estão envolvidas junto às belíssimas paisagens formadas por coqueiros e vegetação nativa. Todo este cenário protagonizado por gente de todas as partes do mundo e onde você encontrará um ótimo e autêntico “jeito de receber” que só o baiano tem. Esta gente hospitaleira fará de tudo para você se sentir bem e como artifício maior usará, além da saborosa culinária da região, a contagiante simpatia. Visitar Morro de São Paulo significa conhecer uma diversidade de raças, nacionalidades e tradições. Um passeio pelas paisagens, sabores, cores, cheiros, sons e lugares da Bahia. Uma oportunidade única que você não pode deixar passar. Morro de São Paulo está localizado no extremo norte do arquipélago de Tinharé, município de Cairu, situado na Região da Costa do Dendê, no Baixo Sul do Estado da Bahia. Sua distância de Salvador, capital do estado, é de 30 milhas náuticas ou 370 quilômetros por terra. São duas as portas de entrada rumo a Morro de São Paulo: Salvador e Valença. Saindo da capital baiana, são três os tipos de traslados até Morro de São Paulo. O mais utilizado é o marítimo, através do catamarã ou das lanchas, saindo do Terminal Marítimo de Salvador, localizado em frente ao Mercado Modelo. O tempo deste percurso é de 2 horas com catamarã e 1h40min com as lanchas. A segunda maneira de chegar até Morro de São Paulo é a combinação marítima/terrestre, saindo do terminal São Joaquim, também no centro de Salvador, pelo ferry boat, que trata-se de um tipo de barco grande, que além de passageiros transporta veículos de pequeno e médio porte. É o traslado mais acessível e também o mais demorado, podendo durar até 4 horas a viagem desde Salvador com ferry, ônibus desde Bom Despacho e a lancha ou barco até chegar a Morro de São Paulo. Chegando pela cidade de Valença, o acesso a ilha é feito por lanchas rápidas ou barcos convencionais. O último horário das embarcações que saem de Valença é ás 18h e se caso você chegar após este horário a opção será dormir em Valença. Se desejar algo mais rápido e se por acaso você chegar após às 14h ao aeroporto Luís Eduardo Magalhães, o único meio de viajar será o traslado aéreo ou então pernoitar em Salvador. No próprio aeroporto estão localizadas as duas empresas que fazem este percurso. O voo até Morro de São Paulo é de 20 minutos. Chegando a Morro de São Paulo há uma taxa de turismo no valor de R$ 10,00, cobrada logo na entrada da ilha. Outro fato que deve ser levado em conta por quem viaja a Morro de São Paulo é a hospedagem. É importante fazer sua reserva de um hotel ou pousada em Morro de São Paulo com antecedência, a fim de evitar transtornos na hora da chegada ou ainda correr o risco de não encontrar hospedagem, caso venha em datas de alta temporada. Portanto, é bom se precaver e fazer sua reserva antes. Com estas dicas valiosas, comece a planejar sua viagem para este verão ou para o período que achar melhor, já que em Morro de São Paulo o calor predomina na maior parte do ano e venha relaxar neste paraíso tropical da Bahia.

Coisas de Morro de São Paulo

Nascer do Sol maravilhoso em Morro de São Paulo

Morro de São Paulo esta linda ilha localizada no litoral sul da Bahia guarda outras surpresas e encantos, além das belas paisagens das praias. Como não poderia deixar de ser por estar na Bahia, Morro de São Paulo carrega os costumes e as tradições da Bahia, esta terra mágica e abençoada por todos os deuses. Mas também possui outras características e peculiaridades presentes somente aqui, em Morro de São Paulo. Há algumas coisas que existem neste pedacinho de paraíso, que não há em qualquer outro lugar do mundo. Um exemplo são os curiosos “táxis” que carregam diariamente as bagagens dos turistas e todo tipo de mercadoria que chega à ilha.

Estes carrinhos de mão, chamados popularmente em Morro de São Paulo de “táxi”, são um espetáculo à parte para os turistas. “Dirigidos” pelos guias e carregadores, os táxis chamam a atenção e despertam a curiosidade de todos os visitantes da ilha. Alguns turistas chegam até a fotografar junto aos carrinhos. No sobe e desce das ladeiras os táxis estão presentes e em algumas situações dependendo do movimento e do fluxo de pessoas chegam a causar congestionamento nas ruas. Mas claro, que este tipo de trânsito não estressa ninguém, já que não há poluição.

Os táxis de Morro de São Paulo são apenas um exemplo de uma das curiosidades do povoado, pois ainda existem muitas outras que também podem ser vistas também em outros lugares da Bahia, como as excêntricas frutas usadas para preparar as deliciosas caipifrutas que são vendidas nas barraquinhas na beira da Segunda Praia e nas festas da ilha como no Luau. Muitos turistas nunca antes devem ter se deparado com frutas como o cajá, o jambo, a fruta pão, a mangaba, dentre outras. E não se assuste se quando estiver por aqui presenciar uma pequena multidão atrás de um homem todo pintado de preto (caracterizado de São Benedito), batendo panelas e tambores pelas ruas e praias em busca de doações para a igreja. Trata-se de uma das festas típicas de Morro de São Paulo, a que homenageia São Benedito e é realizada todo dia 26 de dezembro.

Por ter essa mistura de costumes e tradições, esta simplicidade, tempero, sabor e cor, é que Morro de São Paulo é tudo de bom! E por estes motivos e muitos outros é que você tem que conhecer este lugar. Além de usufruir de muitas belezas naturais e uma excelente estrutura turística, você estará conhecendo também as curiosidades deste destino que apaixona todos os visitantes que por aqui passam.

Vivendo do Ócio no Teatro de Morro de São Paulo

Toda quarta-feira, todo mundo sabe que o programa à noite em Morro de São Paulo é subir as escadas da Mangaba e conferir o que há no Teatro do Morro. Mas nesta próxima quarta, dia 19 de janeiro, os turistas e moradores que estiverem em Morro de São Paulo terão um incentivo a mais para ir à festa do Teatro. A Banda Vivendo do Ócio apresentará o show “Largado e Criando na Rede”. A banda se apresentou em setembro em Morro de São Paulo durante o 1º Festival da Primavera e agora curtindo suas férias na ilha retorna aos palcos de Morro de São Paulo, desta vez no Teatro do Morro.

Dois dos integrantes da banda foram criados na ilha, pois o pai é proprietário de um hotel em Morro de São Paulo. Luca (baixista) e Davide Bori (guitarrista) passaram muitos verões de suas vidas em Morro de São Paulo e hoje mesmo morando na capital paulista, voltam à ilha sempre que podem.  A banda Vivendo do Ócio que começou a fazer sucesso em Salvador, se mudou para São Paulo e ganhou os palcos do mundo. Em 2009 ganhou o prêmio Video  Music Brasil na categoria “Revelação”, foi ainda a banda campeã do reality show roqueiro  GAS Sound, promovido pelo Guaraná Antarctica no ano de 2008 e já participou de vários festivais de música pelo Brasil como o Festival de Verão em Salvador e em outros países. Em 2010 a banda esteve presente no Brazilian Day de Londres e na Holanda no Festival Internacional De La Musique. Com influência do rock e de clássicos como Rolling Stones, Beatles, Raul Seixas e Barão Vermelho, a banda se inspira para as composições em histórias reais da juventude.

Além do show da banda Vivendo do Ócio, o Teatro do Morro terá a festa que normalmente é realizada todas às quartas-feiras, a partir das 21.30h. Na programação música de todos os ritmos, muita gente bonita e alegria até às 5 da manhã.